Início Curiosidades e variedades Veja a nova moda de calcinhas e sutiãs para as mulheres no Japão

Veja a nova moda de calcinhas e sutiãs para as mulheres no Japão

2 min read
0
0
1,987

Veja a nova moda de calcinhas e sutiãs para as mulheres no Japão

Nova moda de calcinhas e sutiãs no Japão

Japoneses adoram criar novidades, e a tendência do momento em território japonês são calcinhas e sutiãs minúsculos. As calcinhas, basicamente, são peças com caimento bem abaixo do normal, e o sutiã apresentado na nova coleção também parece ser menor do que o ideal para proporcionar mínimo conforto.

A coleção de roupas íntimas femininas que está sendo amplamente divulgada acaba chamando a atenção principalmente por causa das calcinhas, que não cobrem todo o bumbum e deixam boa parte do “cofrinho” à mostra.

Tirando a parte visual de discussão, porque nesse sentido tem sempre gosto para tudo mesmo, as fotos dessas peças de roupas íntimas não inspiram conforto e, além do mais, as mulheres que usam essas calcinhas devem ficar com medo que as peças simplesmente comecem a descer pelas coxas. Complicado.

Como já era de se esperar, as calcinhas precisam de um sutiã com o qual possam combinar, não é mesmo? O sutiã, nesse caso, parece ser alguns números a menos do que o adequado, já que as taças não englobam todo o seio e deixam a região apertada e, de novo, visivelmente desconfortável. Em termos de suporte, a peça parece deixar muito a desejar.

Ainda que seja feito com pouquíssimo pano, as peças não são muito baratas, e um conjunto de sutiã e calcinha custa o equivalente a R$ 225,00. E aí, meninas, o que vocês acharam dessa novidade?

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Curiosidades e variedades

Comente pelo Facebook:

Ou use nosso sistema de comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também:

Maravilhas geológicas que você precisa conhecer ou visitar

Maravilhas geológicas que você precisa conhecer ou visitar Viajar é de um longe um dos mel…