Notícias da ultima hora

Home / Curiosidades e variedades / Por que na Rússia se usam câmeras nos carros?

Por que na Rússia se usam câmeras nos carros?

Por que na Rússia se usam câmeras nos carros

Na Rússia se usam câmeras nos carros

Você não precisa ter ido à Rússia para saber que as rodovias daquele país estão cheias de motoristas agressivos, bêbados e psicopatas — e psicopatas bêbados, ou ainda bêbados agressivos. Eles aceleram, te ultrapassam, bloqueiam sua passagem, descem do carro com os punhos fechados e correm em sua direção e começam a dar socos na sua cara. Eu sei disso porque já vi milhares de vídeos russos gravados por câmeras nos carros.

Mas por que existem tantos vídeos gravados no trânsito russo? Ou melhor dizendo: por que tantos russos usam câmeras nos carros?

Embora o início deste texto tenha um tom irônico, é mais ou menos isso o que acontece na Rússia. Os motoristas não são muito talentosos, há um sério problema com o consumo de álcool por motoristas, a neve deixa tudo muito pior e, desde o fim da década de 1990, o país afundou em uma crise moral que tornou a polícia corrupta e afetou seriamente a idoneidade das pessoas.

Veja por exemplo o motorista deste BMW X5, que se enfia na frente de uma carreta de 40 toneladas (aquelas que precisam de um bom espaço para frear) e simplesmente freia seu carro para forjar um caso de batida na traseira e tentar ganhar algum dinheiro da seguradora:

Então, quando uma sociedade chega à beira do caos, o trabalho da justiça fica difícil e é por isso que os tribunais russos não ligam muito para acusações verbais. Mesmo que você mostre seu nariz quebrado e a mão do agressor suja de sangue, existe uma grande possibilidade de que você tenha enfiado a cara na parede de propósito e esfregado a mão do cara na mancha de sangue (sim, parece louco mas já vamos falar sobre isso a seguir).

Por que na Rússia se usam câmeras nos carros

Câmeras nos carros ajudam os tribunais

Mas os tribunais gostam muito de mandar pessoas para a cadeia por agressão ou destruição da propriedade alheia se houver provas contundentes em vídeo. Então a a única forma de se prevenir de policiais corruptos, causadores de acidentes que não assumem a culpa e golpistas de toda a sorte, é apelar para câmeras nos carros que gravem permanentemente tudo o que acontece à frente do carro. Ou duas câmeras, se você quiser se prevenir de verdade com um segundo aparelho “olhando” para trás.

Os vídeos que rodam o mundo no YouTube são a única maneira real de provar suas acusações na justiça russa, não é preciso nem encontrar testemunhas. A evasão após o acidente é uma situação comum e o que chamamos de “seguro total” é algo caríssimo e não disponível para veículos com mais de dez anos  na Rússia. Se você se envolver em um acidente por lá, pode esperar uma das duas situações: o culpado irá mentir para a polícia ou ele vai simplesmente fingir que nada aconteceu e cair fora rapidinho.

Como as seguradoras não pagam os danos até que o culpado seja encontrado e processado para que ele (ou a seguradora dele) banque o prejuízo, as pessoas recorrem aos vídeos das câmeras nos carros para pegar os números das placas e identificar os culpados.

Lembra do soco forjado? Antes das câmeras havia um golpe comum dado por grupos de vigaristas. Eles encostavam um carro já batido no carro de outra pessoa. Na hora de descer para conversar, várias “testemunhas” (os outros atores do golpe) pressionavam o pobre inocente acusado de bater no carro dos golpistas a pagar o prejuízo ali mesmo. As câmeras de painel praticamente eliminaram esse tipo de golpe.

Outro golpe descarado e que você já deve ter visto, é quando um pedestre pula no capô do carro em um cruzamento e finge um atropelamento — geralmente perto de um policial.

Por falar neles, a Polícia Rodoviária Russa é famosa por sua brutalidade e corrupção. A extorsão e o suborno são uma fonte de renda dos agentes e, embora as câmeras nos carros não livre a sua cara de uma multa por excesso de velocidade, elas podem comprovar acusações falsas, ações de bêbados fardados e pedidos de propina.

Como os vídeos se tornam tão populares na internet?

Bem, primeiro por causa da qualidade do material. Imagine tudo de louco e inacreditável que você já viu na vida. Agora imagine se você tivesse uma câmera ligada em todos esses momentos. Imagine então milhões de pessoas gravando tudo o tempo todo. Foi assim que as câmeras capturaram a queda do meteoroide que se desintegrou na atmosfera e atingiu a Rússia em fevereiro de 2013, e também foi assim que vimos um míssil russo atingir uma rodovia na Ucrânia (vídeo abaixos). E é assim que eles capturam acidentes tão impossíveis que chamaríamos de marmelada se fosse um filme de Hollywood.

Agora imagine um país onde a TV é pesadamente censurada e o conteúdo tão entediante quanto o da TV aberta brasileira, mas sem peitos e bundas. A melhor escolha é ligar o computador e assistir vídeos na internet. Logicamente, os vídeos de câmeras de painel fazem um baita sucesso por lá e, com tanto potencial viral, é natural que eles tornem-se um sucesso mundial e acabem aparecendo na sua timeline do Facebook ou até mesmo no seu site favorito: O Loxa!

Como no brasil já está acontecendo coisas assim, como Moto-boys se jogando na frente dos carros, ou outros imbecis fazendo imbecilidades, comprei uma câmera automotiva pra mim também. Vejam a gravação!

Afinal, você concorda que deveria ter uma lei para todos terem câmeras nos carros e aumentar a segurança?

Via: Flatout

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *