Início Piadas Diferenças entre Rico e Pobre e os sintomas de pobreza

Diferenças entre Rico e Pobre e os sintomas de pobreza

12 min read
0
0
279

Aproveitando os sintomas da pobreza:

Acompanhantes Porto Alegre

Dar presente com papel das Casas Bahia.
Guardar sobra de material de construção em cima da laje de casa.
Colocar um chuveiro novo e chamar os amigos para tomar um banho.
Quando receber visitas, mostrar a casa inteira e ficar: Esse aqui é meu quarto… Tem um banheiro bom… Vem ver lá fora que beleza que eu fiz.
Decorar os vasos com flores de plásticos desidratadas e de pano.
Guardar o refrigerante com uma colher de café dependurada na boca para não perder o gás.
Usar a frigideira de casa para fazer mortadela quente.
Ficar discutindo com os amigos, quantas barbas da pra fazer com uma lamina de Gilete.
Aproveitar que foi fazer compras caras para o seu chefe e antes de voltar pra firma, passar na casa de uns amigos pra eles acharem que você tá bem de vida.
Botar aquele neon azul e ridículo da super máquina, no para choques do Miura.
Aproveitar a garrafa plástica do refrigerante para botar água na geladeira.
Regar as plantas de casa com panela.
Lavar fralda descartável com Pinho Sol.
Secar o tênis atras da geladeira.
Levar sopa na garrafa térmica.
Tomar cerveja em copo de requeijão.
Ir em casamento com camisa de time de futebol.
Andar com aquela carteira profissional ensebada no bolso de trás.
Falar para os amigos na praia – “Quero ver se você faz isso” – e dar aquela cambalhota.
Esquentar a ponta da Bic pra ver se ela volta a escrever.
Fazer pacote com bolo e brigadeiro para entregar na saída do aniversario.
Andar pendurado na porta do ônibus.
Usar porta-documentos com os dizeres: “Lula/98 sem medo de ser feliz”.
Lamber a tampa metálica do iogurte.
Colocar bombril na antena da televisão.
Guardar resto da macarronada para fazer sopa no outro dia.
Colocar maio e biquíni e tomar sol na represa.
Correr atras do guarda-sol na praia gritando “pega, pega!”.
Acordar cedo no domingo pra lavar o carro antes que a água acabe.
Entrar de loja em loja perguntando os preços e dizer pro vendedor: “Só to dando uma olhadinha, qualquer coisa volto mais tarde”.
Ir ao estádio de futebol, entrar pela geral, e pular para as sociais.
Pedir pro marido ir ao supermercado comprar pouca coisa e mandar ele trazer sacola plástica para botar lixo.
Decorar o muro do quintal com plantas em lata de óleo, leite em pó e tijolo.
Gritar pela janela do ônibus para o amigo e ele fingir que não te ouviu.
Fazer jogo de futebol com os times “camisa” X “sem camisa”.
Rifar caixa de chocolate e dizer que é ação entre amigos.
Calçar o sofá sem perna com tijolo.
Ficar balançando lâmpada queimada para ver se volta a funcionar.
Ir pro trabalho de bicicleta, e dizer que e pra manter a forma.
Acender latinha com álcool dentro do box do banheiro em dia de frio.
Construir a calçada de casa com cacos de tijolos velhos, formando aqueles desenhos lindos.
Palitar dente com palito de fósforo, apontado com a faca do almoço suja de feijão.
Pedir pro cobrador do ônibus passar dois na roleta.
Pedir pro filho ficar abanando o churrasco com tampa de caixa de sapato.
Amarrar perna de óculos com arame.
Amarrar o cachorro com fio de luz.
Brigar com meio mundo só porque o caixa não deu o troco de 3 centavos.
Lamber ponta de borracha para apagar erro.
Usar prendedor de roupa para pendurar recado no trinco da porta.
Passar miolo do pão no pote de margarina e prato de macarrão e mandar para baixo.
Guardar caixinhas de pasta Kolynos e esperar pela promoção.
Colocar copo de água em baixo da cama e da mesa para as formigas não subirem.
Correr a casa inteira com o chinelo na mão atras da barata.
Abrir tubo de pasta de dente com tesoura para aproveitar o restinho que sobrou.
Usar pregador de roupa para manter fechado saco de açúcar, arroz, farinha, etc.
Remendar coador de pano.
Comprar churrasquinho com vale transporte.
Copiar modelo inteiro da vitrine para depois fazer em casa.
Usar gravata colorida e com estampa de bichinhos só para dizer que e publicitário.
Jogar algodão na arvore de natal para dar efeito de neve.
Esquentar pão de 10 dias no microondas, servir para visita, e dizer: “Ta quentinho, acabei de trazer da padaria”.
Passar cuspe no cotovelo ressecado para amaciar.
Andar de carro com vidro fechado no maior calor só para pensarem que você tem ar condicionado.
Esperar todo mundo da casa usar o banheiro para dar descarga só uma vez.
Guardar sobras de sabonete para depois fazer uma pelota só.
Usar poster de carro importado para esconder mancha de umidade na parede.
Em dia de chuva amarrar saco plástico em volta do sapato para não molhar.
Pendurar rolo de papel higiênico na parede com arame.
Convidar os amigos para o churrasco de seu aniversario e pedir para cada um trazer uma coisa (carvão, espeto, carne, etc.). O famoso KiloLitro!
Colocar arranjo de fruta de plástico na mesa da sala.
Consertar tira de sandália havaiana com grampeador.
Mascar chicletes 3 horas seguidas ate ficar branco e sem gosto.
Levantar de noite com sede tomar água da pia do banheiro com a mão.
Usar saco de arroz Tio João para encapar material escolar dos filhos.
Aproveitar sobra de carpete para fazer tapete.
Enfeitar estante da sala com lembranças de casamento.
Esticar a língua para lamber o fundo do copo de iogurte.
Passar pomada Minancora nas espinhas e sair com a cara toda branca.
Tirar cadarço do sapato do pai, cortar ao meio para fazer dois para o tênis do filho.
Ir ao banheiro e fazer bola de papel molhado para jogar no teto.
Usar resto de sabão para tapar vazamento no bujão de gás.
Tirar cera do ouvido com chave do carro e tampa de caneta.
Guardar vinho velho para fazer vinagre.
Passar óleo queimado no cachorro para acabar com a sarna.
Fazer a barra da calca com fita crepe.
Ficar com fome durante a ponte aérea, não comer nada e levar o lanche para a esposa.
Subir na laje para mexer na antena e ficar gritando lá de cima: “Melhorou?”.
Guardar cueca furada para passar cera no carro.
Entrar em loja de 1.99 e querer achar um presente legal.
Pisar em sujeira de cachorro e limpar no meio fio.
Pegar ônibus errado e ir ate o ponto final para não desperdiçar o dinheiro.
Ir ao restaurante e, antes de pedir a comida, perguntar se aceita ticket.
Usar o único ticket que o restaurante não aceita.
Ir embora do restaurante que não aceita seu ticket.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Piadas

Comente pelo Facebook:

Ou use nosso sistema de comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também:

Veja aqui as trocas de rosto mais engraçadas da internet

Trocas de rosto mais engraçadas da internet Quem nunca usou o filtro que troca de rosto co…