Início Curiosidades e variedades Curiosidades sobre os animais que provavelmente você não sabia!

Curiosidades sobre os animais que provavelmente você não sabia!

9 min read
0
0
165

capa

Os animais são capazes de fazer cada coisa! haha

Gatos podem latir

1

A maioria das pessoas acredita que os cães ladram e os gatos miam. Mas pode não ser bem assim.

Os gatos têm a anatomia parecida com a dos cães de tal forma que nada os impede de “latir”. Para isso, os felinos precisam apenas empurrar o ar por meio das cordas vocais com mais força do que o normal. O gato no vídeo aparentemente aprendeu como fazer o padrão de vocalização de um cão.

Pênis estranho

2

A ave marreca-pé-na-bunda, cujo nome científico é Oxyura vittata, é conhecida pelo pênis de 42 centímetros. O órgão sexual chega a ser maior do que a própria ave e, em proporção ao tamanho do corpo, é o maior de todos os vertebrados.

Outras espécies também apresentam característica estranhas. As cracas chegam a ter o pênis com até 8 vezes o tamanho de seu corpo. Algumas serpentes do gênero Python também têm duas cabeças de pênis. Já a equidna, um pequeno mamífero, tem quatro.

O poder do pulo do sapo

3

Alguns anfíbios conseguem saltar distâncias que correspondem a 100 vezes o seu tamanho. A rã encontrada no Brasil Pseudopaludicola saltica, por exemplo, tem 1,5 centímetro, mas consegue dar saltos de 1,5 metro.

A perereca Acris gryllus também é conhecida pelo poder do seu pulo. Ela mede 4 centímetros e consegue dar pulos de até 40 vezes o seu tamanho. Ela atinge a marca de 1,6 metro. A facilidade para o salto acontece graças a anatomia do animal, com pernas bem desenvolvidas.

Galinhas podem mudar de sexo

4

Quando a galinha é um embrião, os dois órgãos sexuais estão presentes. Quando os genes sexuais se formam, o órgão da esquerda se desenvolve em um ovário e, normalmente, o da direita permanece dormente.

As galinhas ficam com apenas um ovário. Mas algumas disfunções, como um cisto no ovário, podem fazer o ovário esquerdo da galinha regredir. Então, o órgão sexual direito que até então estava adormecido começa a se desenvolver e pode virar um testículo ou uma combinação de ovário-testículo. Isso faz com que a galinha produza o hormônio sexual masculino e mude de sexo. Apesar de ser raro, o fenômeno pode acontecer.

Ratos sentem cócegas

5

Recentemente, cientistas observaram o comportamento de ratos e descobriram evidências de que os roedores também têm cócegas. Dependendo da região do corpo, os roedores emitiram ruídos de alta frequência durante o experimento.

O interessante é que esses ruídos são semelhantes ao riso humano. Os pesquisadores chegaram a essa conclusão porque os ratos atravessaram labirintos e fizeram atividades ao aprender que serão recompensados com cócegas depois.

Peixes têm insônia

6

Uma mutação no gene de algumas espécies de peixes faz com que eles durmam menos do que peixes normais. Por exemplo, alguns peixes-zebra (Danio rerio) com problemas nos receptores de hipocretina dormiam, em média, 30% menos do que os normais. Esses mesmos receptores causam distúrbios de sono em humanos.

O peixe-zebra é uma espécie muito encontrada em aquários. Quando vão dormir a noite, esses peixes inclinam suas caudas e vão para o fundo de onde habitam. Novos estudos mostram que, se são mantidos acordados à noite, os peixes-zebra ficam zonzos e incapazes de aprender tão rapidamente como poderiam durante o dia.

Escorpiões brilham no escuro

7

Quando são iluminados pelos raios ultravioletas de uma luz negra, os escorpiões adquirem uma cor azul brilhante. Isso acontece porque os raios que atingem os escorpiões são convertidos pelas proteínas de seus exoesqueletos em luz.

Pesquisadores indicam que isso pode ser um mecanismo de defesa desses aracnídeos medirem a quantidade de luar que brilha sobre eles. Por serem criaturas noturnas, os escorpiões preferem ficar escondidos em noites muito iluminadas.

Pinguins fazem “onda”

8

Quando são iluminados pelos raios ultravioletas de uma luz negra, os escorpiões adquirem uma cor azul brilhante. Isso acontece porque os raios que atingem os escorpiões são convertidos pelas proteínas de seus exoesqueletos em luz.

Pesquisadores indicam que isso pode ser um mecanismo de defesa desses aracnídeos medirem a quantidade de luar que brilha sobre eles. Por serem criaturas noturnas, os escorpiões preferem ficar escondidos em noites muito iluminadas.

Pinguins fazem “onda”

9

Os coalas têm impressões digitais quase idênticas às humanas. Mas uma análise simples com um microscópio pode diferenciar as duas.

Os cientistas acreditam que a impressão digital do coala se desenvolveu recentemente com relação à escala evolutiva porque seus parentes mais próximos, como cangurus, não a possuem. Como o estilo de vida do animal exige o uso da mão para se segurar em árvores, os sulcos nos dedos podem ter se desenvolvido para auxiliar os animais a se agarrarem.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Curiosidades e variedades

Comente pelo Facebook:

Ou use nosso sistema de comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também:

Porque os homens assistem tanta pornografia

O rapaz chega em casa depois de fazer uma série de coisas em sua vida pessoal, podendo ser…